13 thoughts on “Pub Maggi

  1. As tarefa têm de ser divididas de alguma forma…
    até me podem por na cozinha, era capaz de me desenrascar, já consigo fazer algumas coisitas.

    tipo…. bacalhau á braz… congelado. O que é??? juntar os ovos tem muito que se lhe diga… lol

    e como já dizia uma amiga a minha especialidade é mesmo marcar o numero da Telepizza. 🙂

    se pudesse, sem sombra de duvida que arranjava um clone da minha avó só para cozinhar 🙂 (inté já to a salivar :))
    Não digo com isto que a minha moça não saiba cozinhar, era mesmo só para a poupar do trabalho e ela também adora os petiscos da minha linda avozinha… (é uma mulher do Norte carago).

    bêjos

    P.S. vou investigar a fundo situação do robot.

    aproveito para relembrar, envia a tua t-shirt “Hard Rock Cafe”

    mais bêjos

  2. eheheh… gostei muito
    fez-me lembrar um poema da irmã de um grande autor britânico que apresentava as razões pelas quais não foi ela que se tornou uma grande escritora: passava a vida a ser interrompida pelo irmão que lhe perguntava por meias, camisas, calças, etc, etc, etc…

  3. Os melhores exemplos de girl power:
    – Catarina de Médicis;
    – Elizabeth I, filha do Henrique VIII e da Ana Bolena;
    – Maria Stuart;
    – Maria Antonieta.

    Essas sim, eram gajas de tomates.

  4. Na realidade, as mulheres já passam menos tempo nas cozinhas.
    Os homens andam a trocar as suas carreiras em prol das lidas domésticas. 🙂

    Eu adoro cozinhar. Especialmente se tiver a casa cheia de amigos, e estivermos todos na cozinha a beber um vinho e a comer uns aperitivos, enquanto preparo um prato elaborado.
    Para mim, isso é dia de festa.
    (Tradicções alentejanas, suponho…)

    O ideal era toda a gente passar algum tempo na cozinha… e não tem de ser necessariamente a cozinhar… 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *