repomen-poster imagesCA51WNTR imagesCAYD2ABK Bom, bom, bom, bom! Acho que foi o 2º filme a mandar para a ficção cientifica que gostei! Este filme é espectacular e aconselho-vos vivamente a verem-no. O argumento, embora passado num futuro próximo, acaba por ser uma realidade (quem sabe?). Impecável! Argumento: A acção decorre num futuro próximo, onde órgãos artificiais podem ser comprados por crédito. Remy (Jude Law) e Jake (Forest Whitaker) são ambos “RepoMen” – empregados de uma empresa cuja função é a recuperação de órgões que não puderam ser pagos. Tudo muda quando Remy sofre um enfarte e o seu coração é substituído por um artificial. Remy não tem dinheiro para acabar de pagar o seu coração artificial e agora vê-se perseguido pelo seu antigo parceiro. Curiosidades: Leo DiCaprio foi falado para o filme mas acabou por desistir.

28 thoughts on ““Repo Men”

  1. Eheheh… eu acho que a Dora gosta deste filme mais pela "loucura" do argumento que têm.

    Dá que pensar sim se pode ser uma realidade possível num futuro próximo. Que raio de Governos!! E que raio de Sociedade deixar um doente ali no meio da rua com a barriga aberta 🙂

  2. Nasp: É isso mesmo. Vês como sabes? Ehehehehe. Foi pelo argumento que gostei do filme e não pelo sci-fi. Não pelo o "que raio de sociedade" mas sim por acreditar que é possivel a situação de pagarmos os órgãos.

  3. Podia ter sido bem melhor. Especialmente, tendo em conta o conceito da história e os dois actores principais. O fim estaria (quase) bom, se não fosse previsível (para mim). Ainda assim, é entretenimento (pelo menos, não tem para lá vampiros inexpressivos, lobisomens que se transformam em caniches gigantes, nem uma merda duma actriz que não sabe o que caralho é representar).

  4. King Mob: Para chatear o Ska, a mim não me chateias porque não sou fan do Star Wars 🙂

    Paula: Se gostares do género, gostas deste.

    Rui Caldeira: E umas pernas à Lucky Luke!

    Ulisses: Não percebi. Mi explica.

    I: Não é fabuloso. É um bom filme e surpreendeu-me muito. Eu não o achei previsivel, confesso.

    Noya: Onde vejo como? Ou em casa ou no cinema. Em casa na tv e no cinema no écran 🙂

    Separado de Fresco: Epáh esse grande clássico nem o conto como ficção cientifica!

  5. Uau. AI? Não contava com essa, não suporto o filme.

    Ah, e os Kubrik's? 2001/Laranja Mecânica, nada?

    Para não ser assim tão off-post, tenho a dizer que nunca vi este filme, mas está na lista.

  6. Como presomo que tenhas percebido o FC, digo-te só que Isaak Asimov é um dos maiores escritores de ficção (alguns falam mesmo em previsão) cientifica de sempre.

    🙂

  7. Ska: Fazes muito bem! Eu é que não gosto. Também não gosto de épicos 🙂

    Tive dois namorados cinéfilos e nem eles me fizeram conseguir ver o Star Wars. Eram malucos por aquilo…

  8. Não quero dar-lhe mais trabalho a apagar comentários, por isso este é o último. É uma pena que não admita que errou (somos todos humanos, todos erramos), mas eu até compreendo, quando há uma imagem a manter é mais fácil eliminar quem nos chama a atenção.

  9. Para quem é tão bom a português, tens algum problema de compreensão: eu errei e depois? Qual o problema? Erros ortográficos, acontecem. Já os dei algumas vezes e sempre me chamaram a atenção com bons modos.

    Não aceito comentários anónimos e muito menos que me ofendam.

    Se queres comentar registas o nick. E mesmo com o nick registado, ofendes-me e volto a apagar. Simples. Tenho dito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *