Poster É sem dúvida dos meus filmes preferidos de sempre. Está no meu top 5. Gosto tanto, tanto e já o vi imensas vezes… Lembro-me de ir vê-lo ao cinema com um amigo meu que estava bastante reticente por ter cenas entre dois homens. No fim, disse-me uma coisa que nunca mais esqueci…”O filme é tão bom que esquecemo-nos que é uma história de amor entre duas pessoas do mesmo sexo. É apenas uma grande história de amor”. O filme gerou polémica inicialmente por contar uma história de amor entre dois homens num território (o do género western) conotado de forma clássica com o estereótipo dos homens viris e machos. Teve várias nomeações entre as quais, Melhor Realização, Melhor Fotografia, Melhor Actor, Melhor Actor Secundário, Melhor Actriz Secundária, Melhor Argumento Adaptado, Melhor Filme do Ano, etc. Ganhou 3 destas categorias. É um filme que não me canso de ver. Acho das histórias de amor mais completas de sempre. As performances de Jake Gyllenhaal e de Heath Ledger são inesquecíveis. A primeira vez que tiveram uma cena íntima, Ang Lee não os deixou ensaiar e começou logo a gravar porque quis captar o desconforto e os nervos de ambos. Argumento: Wyoming, 1963. Ennis Del Mar (Heath Ledger) e Jack Twist (Jake Gyllenhaal) conhecem-se quando procuram emprego no rancho de Joe Aguirre. Ambos parecem ter certezas quanto ao que querem da vida – um emprego estável, um casamento feliz e uma família. Mas quando Aguirre destaca Ennis e Jack para trabalharem na remota região de Brokeback Mountain, os dois jovens sentem-se unidos por uma força maior, que resulta numa relação de camaradagem e intimidade profunda. Curiosidades: Heath Ledger quase partiu o nariz a Jake Gyllenhaal numa cena de beijos. O poster foi intencionalmente feito para ser parecido com o do “Titanic”. O filme foi banico na Tailândia na medida em que a homossexualidade é considerada crime. Joseph Gordon-Levitt foi pensado para o papel de Ennis del Mar. tumblr_mfgyc11v1D1rxwfd4o1_500  tumblr_mlct1uDfzJ1rwy7yjo1_500 tumblr_mmzugvvkiD1s6w59io1_500 tumblr_mt2q4b9F4a1sirhelo1_500 “I wish I knew how to quit you” – Jack Twist

26 thoughts on ““Brokeback Mountain” de Ang Lee (2005)

  1. Vi este filme duas vezes e considero-o apenas mediano. Não tem nada de extraordinário, a meu ver. Nem a história, nem as interpretações… Gostei bastante da banda sonora (oscarizada), e das paisagens lindíssimas, de resto nada me diz. Dei um 7 puxadinho no IMDB, apenas pelos dois pontos positivos que realcei, sem isso seria um 6 fraquito. 🙂

  2. Eu vi o filme, e gostei e nem entendi muito bem a polémica do filme. Claro que cowboys gays não aparecem todos os dias. Pior teria sido se o filme fosse "Brokeback Church" e a história era sobre um padre e um ajudante de sacristia, isso sim seria polémico.

  3. Não costumo comentar os teus posts de cinema, porque não sou grande cinéfilo. Contudo, venho aqui dar um ar da minha graça e dizer que já vi este filme… com o meu namorado, bem agarradinhos 🙂

    Beijinhos:)

  4. Muito bom, este filme 😉
    Só não percebo porque deixa tanto homem desconfortável. Aliás, não percebo porque é que os homens ficam tão desconfortáveis perante a homossexualidade masculina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *