Tinham-me falado nesta colecção de livros que é uma série nórdica e comprei o livro em Agosto mas como não costumo ler thrillers, foi ficando. 
Como também comecei a ver muito buzz sobre “O Discípulo” que é o 2º livro deles, decidi arriscar…
Devorei este livro em poucos dias. Lia de manhã, à hora do almoço e à noite. 

Não costumo ler policiais mas gostei imenso e vou continuar nesta linha de leitura.


A trama, não sendo nada de especial, não deixa de nos viciar. As personagens são bem construídas e a maneira que está escrito, flui muito bem.

Deu-me gozo pegar neste livro e deixar-me levar pela investigação à volta de um crime, com a descoberta de pistas, o aparecimento de potenciais culpados e as reviravoltas que normalmente nos são apresentadas e nos deixam surpreendidos. Era isso que procurava neste livro, dentro dos policiais nórdicos que tanto sucesso têm feito, e foi isso que encontrei.
Sinopse: Sebastian Bergman é um homem à deriva.

Psicólogo de formação, trabalhava como profiler para a polícia e era um dos grandes especialistas do país em serial killers. Perdeu tudo quando o tsunami no continente indiano lhe levou a mulher e a filha.

Tudo muda com uma chamada para a polícia. Um rapaz de dezasseis anos, Roger Eriksson, desapareceu na cidade de Västerås. Organiza-se uma busca e um grupo de jovens escuteiros faz uma descoberta macabra no meio de um pântano: Roger está morto e falta-lhe o coração. É o momento de Sebastian se confrontar com um mundo que conhece demasiado bem.

O Departamento de Investigação Criminal pede ajuda a Sebastian. Os modos bruscos e revoltados de Sebastian não impedem a investigação de avançar. E as descobertas sobre a escola que Roger frequentava são aterradoras.


Classificação: 4/5

3 thoughts on ““Segredos Obscuros (Sebastian Bergman #1)” de Michael Hjorth e Hans Rosenfeldt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *